Por: Guillermo Reid, CEO da WDEV.

Guillermo Reid_WDEVPodemos começar lembrando que empresas e organizações são formadas por pessoas. Funcionários e colaboradores que, muitas vezes, passam grande parte de seu tempo no ambiente de trabalho. Então, manter essas pessoas motivadas e em produção é sempre desafiador, principalmente em alguns setores do mercado que exigem maior seriedade nas negociações. É nesse momento que a cultura interna da empresa deve estar fortalecida de tal maneira que possa envolver a todos, funcionários, terceirizados e outros prestadores de serviços.

A WDEV nasceu em 2009 como uma startup, ao longo dos anos ampliamos a operação e, atualmente, colecionamos grandes conquistas, nos consolidamos no mercado de T.I com ênfase no desenvolvimento de soluções tecnológicas para o mercado segurador. Me perguntaram uma vez, como eu desengravatei o mercado de seguros… Vale dizer que a WDEV não é uma empresa desengravatada propositalmente, ou que pensamos em ser mais ‘descolados’ em algum momento. Simplesmente nascemos assim, como é comum em qualquer startup; o que fizemos foi manter como característica a informalidade em nossos escritórios.

Simplesmente nascemos assim, como é comum em qualquer startup; o que fizemos foi manter como característica a informalidade em nossos escritórios.

copia_menor

Nossos funcionários são jovens em maioria, por conta disso, reina sempre um clima mais descontraído em nosso dia-dia. O grande desafio é manter um clima amistoso e agradável para todos e da mesma maneira passar confiabilidade suficiente para fechar negócios com executivos de empresas do ramo de seguros, um mercado conhecido por ser mais tradicional e, como dizem, “engravatado”.

O grande desafio é manter um clima amistoso e agradável para todos e da mesma maneira passar confiabilidade suficiente para fechar negócios com executivos de empresas do ramo de seguros

As transformações ocorrem cada vez mais rápidas e até mesmo os nichos mais tradicionais do mercado estão atentos às inovações tecnológicas que tem como intuito final melhorar o desempenho interno das organizações e o relacionamento com o público. Nesse sentido, ter uma empresa ‘desengravatada’ não significa ser menos competente em qualidade de produtos e serviços, pelo contrário, nossos clientes conseguem ver que somos uma empresa mais flexível, mas mesmo assim (ou justamente por isso) comprometida e competente.  Para estimular ainda mais a criatividade temos na empresa espaços próprios para os funcionários desopilarem; durante todo o ano fazemos uma série de iniciativas internas para promover o bem estar e a integração entre os funcionários. Dessa maneira que conquistamos e temos conquistado além de nosso espaço no mercado, a confiança de nossos colaboradores.

*WDEV é uma empresa que desenvolve soluções tecnológicas disruptivas para o mercado de seguros.

Posted by Redacao InsideSeg